sexta-feira, 22 de março de 2019

Aumenta número de pessoas no centro de acolhimento em Buzi




As equipas de resgate e salvamento estão a cada dia a descobrir mais pessoas que estão há vários dias debaixo da água principalmente no distrito de Gorongosa e Búzi. A nossa equipa de reportagem acompanhou a expansão de um campo de acomodação em Guara-Guara.

A cada momento pousam helicópteros em Guara-Guara. Trazem pessoas encontradas em locais cercados com água, mas também levam lonas para improvisar abrigos e produtos alimentares e medicamentos. As FADM assistem as próprias vítimas a esticarem as tendas.



Médicos Moçambicanos e sul-africanos assistem às vítimas recém-chegadas ao centro. A maior parte tem filária nas pernas pois ficaram mais de cinco dias na água. Outros apresentam-se debilitados porque há dias que não comem.

A nossa equipa encontrou uma senhora que poderá dar parto a qualquer momento. Ela ia a Búzi para dar parto em casa dos pais, mas foi surpreendida com a água do rio Búzi que galgou e foi socorrida.

Entre os resgatados foi encontrada uma outra senhora que diz ter ficado três dias em cima do tecto da sua casa com os seus três filhos.

Nesta altura procura-se criar mínimas condições em Guara-Guara.

As operações de reconhecimento e buscas continuam um pouco por toda a região onde passam os rios Búzi e Púngué.




Sem comentários:

Enviar um comentário

Adbox