terça-feira, 12 de março de 2019

Reconstrução de Tete custa 980 milhões de meticais


A área de estradas e pontes foi muito afectada pelas inundações da última sexta-feira na província de Tete. O ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, João Osvaldo Machatine, escalou a província hoje e deu a saber que 240 km de estradas ficaram intransitáveis, sendo que o acesso aos distritos de Mutarara e Doa por via rodoviária está impossível.

A esses prejuízos soma-se seis furos de água do Fundo de Investimento e Património do Abastecimento de Água no distrito de Moatize que ficaram inoperacionais devido às inundações. Mas o grande prejuízo está na ponte sobre o rio Rovubué que cedeu num dos tabuleiros, obrigando a interdição de circulação rodoviária por tempo indeterminado.

“É prematuro estimar seja o que for, porque estamos a falar de uma estrutura complexa e de grande dimensão que é esta ponte e nos não podemos lidar com estas infra-estruturas de ânimo leve. É verdade que a inspeção-geral nos conduz para o esmagamento do elemento de apoio, só um, mas é preciso percorrer todos elementos de apoio ao longo da extensão da ponte, é preciso verificar as vigas dos próprios tabuleiros, então, há um conjunto de inspecção que deve ser realizado para dai apurarmos a gravidade ou não desta anomalia e dai fazermos o projecto de reparação”, disse o governante.

Uma reparação e manutenção periódica que aos olhos do governante seria possível fazer de forma regular se os utentes das estradas e pontes pagassem pela sua utilização. O Ministro das Obras Públicas diz que se os utentes das estradas e pontes nacionais pagassem, o Estado teria uma margem financeira para trabalhos preventivos.

“Estas infra-estruturas são construídas e devem ser mantidas e para que sejam mantidas é importante que haja capacidade de arrecadar para o efeito. Portanto, estamos perante um exemplo claro de que o princípio de pagador-utilizador é extremamente importante”, concluiu.
Sem contar com a intervenção na ponte sobre o rio Rovubué, o governo precisa de 980 milhões de meticais.

0 komentar

Enviar um comentário